Músicas e Histórias em Mp3
Copie nos links abaixo faixas demostrativas do
CD

Faixa 01
Faixa 02
Faixa 03

Faixas do CD
01 - "No Fundo da Mata Ouvi"- O Bicho Pé-de-garafa
02 - Macaco Chico e João Jiló
03 - A Lagartixa
04 - A Onça e o Coelho
05 - Bicho Udo e Dum Dum Sererê
06 - A Barata
07 - Uma Pombinha Perguntadeira
08 - Boi Carreador
09 - As Comadres Preguiças
10 - A Dança das Caveiras


Depois de encantar espectadores de todas as idades com suas histórias e cantigas, Roberto de Freitas lança seu primeiro CD, "NO FUNDO DA MATA OUVI... HISTÓRIAS DE BICHOS.", onde os bichos soltam a língua para homenagear a fauna brasileira.

"Neste primeiro 'No Fundo da Mata Ouvi...' estamos soltando a língua dos bichos para homenagearmos a fauna brasileira, contando histórias de bichos do mato e de outros, já quase extintos, que antigamente habitavam o coração e a imaginação de nossas crianças. São histórias acontecidas há muito tempo - lá quando os bichos ainda falavam - e que foram sendo recontadas pelo povo, mantendo-as vivas com as cores da fantasia.

E 'No Fundo...', bem lá no fundo, quando aqui, respeitosamente, capturamos estes bichos, é para que eles sobrevivam à falta de cores do esquecimento..."

FICHA TÉCNICA:

Produção: Bach Produções
Pesquisa, Direção Artística e Criação: Roberto de Freitas
Música, Arranjos e Montagem: Filipe Chamone
Fotos capa e contra-capa: André Luppi
Fotos encarte: Clóvis Campos, Pedro Click e Kika Antunes
Designer Gráfico: Cognitiva Publicidade & Design. Giovanni Damásio
Ilustrações: Dias de Arte Estúdio
Gravação e Reprodução: Stúdio Canal 100
- Gravado de maio a julho de 2002 -

 

CRÍTICA SOBRE O CD

HISTÓRIAS DE BICHOS
por Nilza Helena*

Afinal, Roberto de Freitas é um contador de histórias ou um encantador de pessoas? - esta a dúvida que assalta a maioria dos espectadores na saída dos espetáculos, tenha sido a apresentação em um palco, uma roda de crianças ou um canteiro de obras.
Há muito BH descobriu o prazer de se ouvir histórias, mas quando elas são contadas por Roberto de Freitas, com aquela emoção, o carinho, a entrega total do artista, parece que têm mais sabor. Parece até que as histórias não existiam antes dele. Apareceram no palco, de repente, elas também doidas para se verem naquela voz, naquele sorriso, naquela harmonia, na caixa de folia de onde ele tira um ritmo que não deixa ninguém parado.
Roberto de Freitas, modesto, explica que são, na maioria, histórias da tradição oral, aquelas passadas de geração para geração, ou do folclore brasileiro, como as que reuniu em seu primeiro CD, "No Fundo da Mata Ouvi... Histórias de Bichos..." E que ele, sim, é quem as escolhe. Para repassar a um público cada vez mais cativo, cada vez mais numeroso.
Nascido em Diogo de Vasconcelos, perto de Mariana, Roberto foi uma criança que deixava de brincar para ouvir histórias, surgindo naquela época o hábito que aprimora até hoje: imaginar, sonhar, fantasiar. Formado em artes cênicas, músico, educador, vencedor de vários prêmios, pesquisador, instrutor de oficinas de contação de histórias, ele é um dos pioneiros na profissão em Minas e um nome tão respeitável que se esforça para dar conta de uma agenda que tanto o leva ao sertão do Nordeste quanto à pequena escola do interior de Minas, sem falar nas inúmeras palestras que dá por este Brasil afora.
Se com as crianças a empatia começou desde a primeira história, o público adulto cresce a cada apresentação. A interação com a platéia é outra característica marcante. Diante de Roberto de Freitas, impossível só ouvir. Quem teve uma boa infância, recorda. Quem não teve, vive ali, ao vivo e a cores, e descobre o que perdeu na vida. Por isso ele considera que as histórias contribuem para a formação da personalidade de quem as ouve.
Com o CD, "No Fundo...", pode-se preservar em casa a cultura e a memória brasileiras. São histórias da fauna brasileira acontecidas há muito tempo - lá quando os bichos ainda falavam. - e recontadas pelo povo, mantendo-as vivas com as cores da fantasia. Histórias de bichos do mato e de outros, já quase extintos, que habitavam o coração e a imaginação de nossas crianças. Historias que esperavam por Roberto de Freitas para ganharem voz e ritmo.

BH/19/08/02 * Nilza Helena é Jornalista e Cronista.

"No Fundo da Mata Ouvi... Histórias de Bichos"
Roberto de Freitas - (31) 9950-7971
Comprar CD